ACESSE O BLOG OFICIAL DO LIVRO "UM SALTO NA ESCURIDÃO"


PUBLICAÇÕES MAIS RECENTES

14.9.09

ALEISTER CROWLEY E A CONTRACULTURA - VITOR CEI







3 comentários:

Anônimo disse...

Vou dar uma olhada neste artigo sobre o Crowley. Temporariamente fechei o meu blog, por problemas de saúde. Mas vou ler este documento sobre Crowley, me interessei e vou ler.
www.rogsildefar.blogspot.com

Anônimo disse...

Li o artigo. Interessante notar que , a semelhança de Crowley, o filósofo alemão Nietzsche também falava algo similar, sem no entanto ser místico (pelo menos ostensivamente falando). Estou lendo Gaia Ciência, de Nietzsche, e pude ver semelhanças com Crowley. Nietzsche fala que não era um homem, era uma dinamite. Nietzsche falava muito no além-do-homem (no Brasil traduziram erroneamente para super-homem).Embora em Nietzsche se veja o pensamento ateu, muitos esquecem que o ateísmo de Nietzsche era exatamente para chocar a hipocrisia generalizada.Homens como Nietzsche ou Crownley, solitários intelectualmente, desprezados, são necessários, são cometas errantes que mudam ou anunciam como arautos um novo mundo.O além-do-homem de Nietzsche e o Homem Thelêmico de Crowley é o homem liberto de todos os grilhões que a falsa moral e a falsa ética tentam impingir. O homem é uma ponte entre o animal e o super-homem ou além-do-homem; passe para o outro lado gente mais elevada, como disse Nietzsche em seu fantátisco Assim Falou (ou falava) Zaratustra.

Anônimo disse...

Esqueci de assinar o comentário como anônimo, ali. Reinterando, se duvidar, Crowley bem podia ser a reencarnação de Nietzsche. Vale lembrar que todos nós, segundos os místicos, temos um anjo guardião; Aiwass...se não me engano há uma marca antiga de aparelhos de som com esse nome, só por curiosidade.Os xamãs têm o totem, que não deixa de ser um espírito protetor. A última frase de Crowley no leito de morte foi inquietante, o que será que ele quis dizer:
"Estou perplexo..."

LÊ AGORA!

A Rainha dos Pantanos - Henry Evaristo

Virgílio - Henry Evaristo

UM SALTO NA ESCURIDÃO - Henry Evaristo publica seu primeiro livro

O CELEIRO, de Henry Evaristo

Índices gerais

COMUNICADO

Este blog possui textos e imagens retirados de outros sites. No entanto, não temos intenção de nos apropriar de material autoral de quem quer que seja e solicitamos a quem não desejar ver sua obra republicada pela Câmara que entre em contato pelo e-mail disponibilizado para que nós possamos retirar imediatamente o conteúdo.

Qualquer contato pode ser feito pelo e-mail:

voxmundi80@yahoo.com.br



Henry Evaristo

Clique nos meses para ver nossas publicações.

LICENÇA DE USO DO CONTEÚDO DESTE BLOG

Selos de qualidade recebidos pela CT!

<b>Selos de qualidade recebidos pela CT!</b>
Indicado por Carla Witch Princess do blog WITCHING WORLD e por Tânia Souza do blog DESCAMINHOS SOMBRIOS.

Indicado pelo site GOTHIC DARKNESS

Indicado por Duda Falcão do blog Museu do Terror (www.museudoterror.blogspot.com)


Oferecido por Pedro Moreno do blog CRIPTA DE SANGUE



Indicado por VAMPIRELLA do blog Artes VAMPIRELLA http://vampirella84arts.blogspot.com/




Criado por WITCH PRINCESS; indicado por Tânia Souza do Descaminhos Sombrios.

Blog indicado: MASMORRA DO TERROR


AVISO AOS ESPERTINHOS!

CÓDIGO PENAL - ARTIGOS 184 E 186


Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos:

Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.

§ 1º Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente:

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

§ 2º Na mesma pena do § 1o incorre quem, com o intuito de lucro direto ou indireto, distribui, vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, tem em depósito, original ou cópia de obra intelectual ou fonograma reproduzido com violação do direito de autor, do direito de artista intérprete ou executante ou do direito do produtor de fonograma, ou, ainda, aluga original ou cópia de obra intelectual ou fonograma, sem a expressa autorização dos titulares dos direitos ou de quem os represente.

§ 3º Se a violação consistir no oferecimento ao público, mediante cabo, fibra ótica, satélite, ondas ou qualquer outro sistema que permita ao usuário realizar a seleção da obra ou produção para recebê-la em um tempo e lugar previamente determinados por quem formula a demanda, com intuito de lucro, direto ou indireto, sem autorização expressa, conforme o caso, do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor de fonograma, ou de quem os represente:

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

§ 4º O disposto nos §§ 1o, 2o e 3o não se aplica quando se tratar de exceção ou limitação ao direito de autor ou os que lhe são conexos, em conformidade com o previsto na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, nem a cópia de obra intelectual ou fonograma, em um só exemplar, para uso privado do copista, sem intuito de lucro direto ou indireto.



Seja um fiel seguidor da Câmara dos Tormentos!

LÊ AGORA!

Matilhas - Henry Evaristo

O Lugar Solitário - Henry Evaristo

A Clareira dos Esquecidos (primeira parte) - Henry Evaristo

O OCASO DE HAES-NORYAN, de Henry Evaristo

EU REÚNO AS FORÇAS DOS ABÍSMOS , de Henry Evaristo

Antologia do Absurdo! Um valhacouto de histórias trêfegas! Adquira o seu!

<b>Antologia do Absurdo! Um valhacouto de histórias trêfegas! Adquira o seu!</b>
Para mais informações, clique na imagem!